Apoiam este projeto:

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Bons exemplos merecem ser compartilhados

Menino que nasceu sem os olhos
ganhará prótese ocular de empresário santiaguense
Santiago – Você lembra do Victor Hugo? Ele foi notícia no Expresso assim que nasceu, em 2015, sem os olhos (globo ocular) e teve outros problemas.  Desde então, seus pais lutam para conseguir uma uma cirurgia de colocação de uma prótese ocular. Foram muitas tentativas pelo SUS, mas sem sucesso. A história do filho do casal Alinson de Medeiros Pereira e Taís Gomes, moradores do bairro Ana Bonato, comoveu o empresário e radialista Iuri Guasso e, finalmente, a espera chegou ao fim.(foto acima: Carine Martins/jornal A Folha)

A realização de um sonho
"Hoje realizei a doação de uma prótese ocular para o pequeno Victor Hugo. O conheci nesta semana e fiquei sabendo que a "terapia" dele era ouvir o programa “Top Sertanejo”. Nos sensibilizamos e vamos acompanhar esse garoto e torcer para que chegamos até a parte que ele abra os olhos e veja as cores desse mundo, rosto, sorriso e emoção de seus pais e que possa abrir os olhos e sorrir ainda mais. É um absurdo uma pessoa ter que esperar tanto tempo por um sistema de saúde como o SUS, que foi criado para atender as pessoas que não possuem condições de pegar pelos seus tratamentos", escreveu Iuri em sua rede social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta