Apoiam este projeto:

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Polícia investiga suspeita de corrupção contra o chefe de comunicação do Planalto

Dentre as emissoras que estariam tendo vantagem surgem os nomes da Record e da Band
O investigado é chefe de Comunicação da Presidência da República (Secom), Fábio Wajngarten, que também é sócio da empresa FW Comunicação, a qual obtém dinheiro de emissoras de TV. Dentre essas emissoras estariam a Record e a Band, além de agências contratadas pela Secom, ministérios e estatais do governo. Depois que Wajngarten assumiu, as clientes passaram a receber quantias de verba maiores de propaganda da secretaria. Ele nega.

2 comentários:

  1. ah grande novidade.....só quem nõa tem vantagem nem lucros . é o pobre trabalhador que com seu suor sustenta esse país, de povo ocioso e vadios corruptos, que vivem as custas do nossos altos impostos ,um povo massacrado , lamentavel......

    ResponderExcluir
  2. Novidade no Brasil obter vantagens em cargos públicos.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta