Apoiam este projeto:

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Promotor leva 53 dias de suspensão por ofensas em redes sociais

Promotor que gosta de xingar de comunistas e esquerdistas  leva um baita “gancho"

Porto Alegre - O Conselho Nacional do Ministério Público aplicou uma punição de 53 dias de suspensão, com corte de salário, ao promotor gaúcho Eugênio Paes Amorim, por publicações em redes sociais com xingamentos a "comunistas" e "esquerdistas". De acordo com fontes do MP, a pena foi mais pesada porque Amorim é reincidente. No ano passado, o promotor foi afastado por 20 dias, também sem direito a salário, por supostas ofensas a duas juízas. Em 2017, levou um "gancho" de 15 dias por duvidar da integridade do juiz Mauro Caum Gonçalves em post no Facebook. Em 2016, havia sido suspenso por 10 dias, por ofender a delegada de polícia Vanessa Pitrez de Aguiar Correa, que alegou ter sido insultada por ele no Facebook. (Zero Hora)



PUBLICIDADE:
PARCERIA INFORMÁTICA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta